Juventude com senioridade e novas ideias com experiência


Escrever esta história sobre a Starkdata e o seu começo fez-me refletir sobre 2020 e sobre todas as nossas pequenas conquistas.

Empreendedorismo sempre me correu no sangue, sempre soube que eventualmente no tempo iria tentar construir uma empresa de raiz, mas confesso que nunca imaginei que seria tão cedo na minha carreira profissional. A Starkdata foi fundada por quatro pessoas, duas delas com uma experiência incrível em business development e outras duas quase acabadas de sair da faculdade com especializações em sistemas inteligentes (Inteligência Artificial). Honestamente conseguimos juntar o melhor dos dois mundos. Juventude com senioridade e novas ideias com experiência.

Será que foi sorte?

Talvez exista sempre uma pitada de sorte, conseguir as pessoas certas na altura certa. Mas facto é que quando nos rodeamos de pessoas melhores que nós, só podemos crescer e melhorar, daí a equipa da Starkdata ser uma autêntica dream team. Não falo só nos 4 fundadores, mas todas as pessoas que fazem parte e trabalham connosco.

Criar uma empresa é viver o inesperado

Antes de criarmos a Starkdata, passámos vários meses a explorar e desenvolver a nossa ideia. Tivemos a sorte de falar e expor a nossa proposta de valor a várias pessoas, incluindo alguns empresários de sucesso. Achámos curioso que as pessoas mais pessimistas eram sempre aquelas que mais sucesso tiveram. Um ano e meio depois, consigo perceber porquê. Criar uma empresa é viver o inesperado diariamente e lutar constantemente para chegar a bom porto, é uma sensação que só sabe quem passa por ela.

Oficializar a empresa na pandemia soava a impossível

Quando decidimos oficializar a empresa, sabiamos que não seria uma tarefa fácil, mas fazê-lo no ano em que decorre uma pandemia soa a missão impossível. Começámos a trabalhar no projecto no fim de 2019, iniciámos actividade em 2020 e fomos surpreendidos com um ano que todos nós sabemos como foi. Apesar de tudo isto acabámos por conseguir algumas vitórias, importantes para uma startup, e que nos fizeram crescer e reforçar a vontade para fazer mais e melhor.

Bons momentos em 2020

A participação no European Data Encubator foi um desses bons momentos que aconteceu em 2020. A Starkdata foi considerada uma das 18 melhores startups/PMEs de Big Data da Europa, mas mais importante que isso, tivemos a oportunidade de trabalhar de perto e em parceria com a Glintt INOV e com a HMR. Conhecemos pessoas incríveis que sempre fizeram por arranjar o tempo necessário para nos esclarecer todas as nossas dúvidas e ensinar sobre a indústria farmacêutica.

Ao longo deste percurso, a Starkdata desenvolveu uma plataforma completamente única que combina múltiplos indicadores com forecasts capazes de ajudar as farmacêuticas a responder às suas perguntas mais complexas. O auxílio de ambas as organizações foi imprescindível para garantir que todos estes insights criados iam de encontro às necessidades das farmacêuticas.

Temos o know-how em Machine Learning e em Inteligência Artificial

Quando decidimos participar, sabíamos que tínhamos o know-how necessário em Machine Learning e Inteligência Artificial, mas tínhamos a perfeita noção que nos faltava a experiência na indústria. Não podíamos ter ficado mais contentes com a parceria. Foi sem dúvida um ótimo pé de entrada para esta indústria e só nos deu muito mais força para investir no desenvolvimento nos próximos anos.

Obrigado a todos aqueles que estiveram incondicionalmente presentes nas nossas reuniões.

by Ramos at Starkdata