Problema:

Não existe uma plataforma centralizada e desmaterializada para comunicação entre a industria farmacêutica e os centros de ensaios. Dificuldade das instituições em efetuar a validação dos atos de ensaios e faturação aos promotores.
Uma meta-análise publicada em 2012 refere que a ocorrência de discrepâncias medicamentosas atinge até 70% dos doentes admitidos ou com alta hospitalar, considerando que cerca de um terço destas discrepâncias têm potencial para causar dano ao doente.

Resolução:

O SIGEC é uma plataforma composta pelo portal da industria pelo portal das instituições de ensaio. A submissão e comunicação de ensaios clínicos é iniciada no portal da industria, e a sua avaliação e acompanhamento são efetuados no portal das instituições. A plataforma dá a todos os stakeholders uma visão clara de todo o processo relacionado com os ensaios clínicos, permitindo ainda às instituições obterem métricas com vista ao aumento de performance e realização de mais ensaios nas instituições.
A terapêutica prescrita à saída vai ficar disponível aos doentes através da App MedOn, que contará também com uma funcionalidade de controlo de tomas. Toda esta informação ficará também disponível aos farmacêuticos para validação.

Benefícios:

Otimização do workflow do ensaio;
Centralização da Informação Prazos de resposta mais competitivos;
Maior controlo e reporting financeiro;
Eficiência na gestão documental.